Março de 2020 –

Fanático por automobilismo, José Mario Dias começou a frequentar corridas da Stock Car aos 15 anos de idade, acompanhando o piloto Alceu Feldmann. Tempo depois, abriu uma empresa de desenvolvimento de sites, no início da internet, e ofereceu o serviço para o piloto.

 

“Comecei a usar o site como desculpa para ir nas corridas, para criar conteúdo, mas, na verdade, era só para estar lá”. Assim, começou a fazer fotos amadoras e acabou conhecendo o jornalista João Otávio Ness, assessor de impressa e fundador de um site de automobilismo.

 

Ness passou a pedir para Dias fazer fotos para o site dele e criar galerias e conteúdos. “Até que, em 2007, João me convidou para fotografar todas as etapas do Brasileiro de Rally e da Copa Pegeout”, diz. Foi ai que mudou de Campo Mourão, foi para Curitiba e se tornou profissional.

 

Os primeiros anos foram difíceis, bancando as próprias coberturas, mas, apesar disso, nunca mais parou. Hoje, já fotografou as principais categorias de corridas automobilísticas do mundo e tem um apreço especial pelas corridas de longa duração.

 

Ouça a entrevista completa!  José Mario Dias .

Foto: Haroldo Nogueira