InterComic 2019

InterComic 2019

Novembro de 2019 – Ribeirão Preto recebeu entre os dias 9 e 10 de novembro a segunda edição do evento InterComic. As atrações programadas reuniram quadrinistas, oficinas, palestras, lojas, convidados especiais e cosplayers. O encontro foi realizado no Instituto SEB.
De acordo com Yvi Mishima Magosso, organizadora do evento, o objetivo foi promover um grande evento no interior paulista e reunir todos os grupos amantes da cultura nerd, geek, maker e pop.
A equipe do Nucom esteve presente no evento e preparou um conteúdo exclusivo sobre as atrações que em breve estarão disponíveis no canal do YouTube Ecoa Vulpis.

Novembro Azul

Novembro Azul

Em novembro de 2003, na Austrália, nasceu a campanha de conscientização contra o câncer de próstata, com o objetivo de chamar a atenção para a prevenção e o diagnóstico precoce da doença que atinge os homens. A ideia surgiu para quebrar tabus sobre a doença e conscientizar a população masculina.
Diariamente, 42 homens morrem em decorrência do câncer de próstata e, aproximadamente, 3 milhões vivem com a doença e é ainda, a segunda maior causa de morte por câncer do sexo masculino no Brasil.
Normalmente o número de mulheres que procuram ajuda médica para prevenção de doenças é muito maior do que homens, algo que é preocupante, pois, segundo a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), cerca de 53% dos homens nunca foram a um urologista.
Conversamos com o doutor Gabriel Munhoz, médico residente em um Hospital de Ribeirão Preto, que esclareceu algumas dúvidas e explicou o que é o câncer de próstata.
O que é o câncer de próstata?
Dr. Gabriel – “É o crescimento celular sem controle. As células se multiplicam e não tem um “stop”. Isso faz com que o órgão cresça e se ramifique.”
Quais são os principais sintomas do câncer de próstata e como saber se ele está no estágio inicial?
Dr. Gabriel – “A próstata fica atrás da bexiga na frente da parte final do intestino. A uretra é o canal que leva a urina da bexiga. A parte periférica da próstata é a a parte que tem mais chances de desenvolver o câncer. O paciente pode ter alterações na urina, ele sente que sempre está com a bexiga cheia e as vezes pode ocorrer sangramento na urina. Isso faz com que o portador do câncer tenha uma qualidade de vida deficitária.”
Quais os fatores de risco para desenvolver o câncer de próstata?
Dr. Gabriel – “Pacientes que não tem uma alimentação adequada, com alimentos gordurosos e uma dieta desbalanceada, sedentarismo e principalmente histórico familiar, se já teve algum caso de câncer de próstata na família.”
A campanha para o novembro azul deste ano abordou o tema Homem que se cuida é homem de atitude”, com a ideia de incentivar a procura de médicos especialistas e principalmente, a realização do “exame de toque”, que é responsável por diagnosticar até 70% dos casos de câncer, segundo o doutor Gabriel Munhoz.
Através dos exames e do diagnóstico precoce, o estado do paciente com a doença pode ser revertido, principalmente se a doença estiver em seu estágio inicial.
Para saber mais sobre o assunto, acesse o canal no YouTube Ecoa Vulpis e assista a entrevista completa com o doutor Munhoz.

Jornada Jurídica apresenta temáticas atuais relacionadas a aspectos jurídicos e sociais

Jornada Jurídica apresenta temáticas atuais relacionadas a aspectos jurídicos e sociais

No dia 7 de novembro a Jornada Jurídica do curdo de Direito da Estácio deu voz a um importante debate sobre os dois anos da reforma trabalhista. Abordando aspectos jurídicos e sociais, o tema também deu oportunidade para uma grande conversa sobre a violência contra a mulher e suas dificuldades no mercado de trabalho, envolvendo amplamente alunos, professores e participantes da banca.
Segundo Perla Müller, a coordenadora do curso de Direito, a ideia era trazer autoridades engajadas na defesa da ordem jurídica vigente e no direito dos trabalhadores para relatar se de fato as promessas da reforma foram cumpridas, servindo como uma prestação de contas à sociedade.
 
A banca foi protagonizada pelas professoras Fabiana Zacarias, Márcia Sampaio e Perla Müller que apresentaram pesquisas, históricos, propostas de solução e inclusive relatos de pessoas que lidaram com violência doméstica e sentiram-se confortáveis em se abrir no ambiente. O parecer sobre a reforma trabalhista ficou principalmente a cargo do Juiz do Trabalho Paulo Henrique Coiado Martinez, dando sua visão sobre os dois anos da lei de n° 13467 de 2017, que altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).
 
De modo geral, os participantes da banca avaliaram como muito positiva a participação dos alunos, possibilitando uma conversa descentralizada e democrática. A coordenadora do curso avaliou ainda que o mais importante ainda é que “as mulheres devem, entre elas, criar laços de companheirismo, de sororidade porque se até uma mulher cis branca heteronormativa dentro dos padrões de beleza impostos pela sociedade ainda é vítima de violência, imagine agora mulheres sem escolaridade, negras ou fora de outros padrões. Isso amplia a violência. Acredito que este seja o momento para que nós estimulemos esta rede de companheirismo entre mulheres para que se protejam”.
A Jornada Jurídica de Direito da Estácio aconteceu entre os dias 5, 6 e 7 de novembro.
Instituto Ribeirão 2030 realiza  palestra sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Instituto Ribeirão 2030 realiza palestra sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Na quarta-feira, 16 de outubro, foi dia de falar sobre metas para o crescimento social de Ribeirão Preto. Para isso, o Centro Universitário Estácio de Ribeirão Preto recebeu representantes do Instituto Ribeirão 2030 para falar dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), uma série de 17 objetivos adotados mundialmente e estabelecidos pela Cúpula das Nações Unidas para serem realizados até o ano de 2030. A palestra foi ministrada para alunos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda.

O Instituto Ribeirão 2030 deseja fazer o que for possível para melhorar a vida em Ribeirão Preto, tendo como prazo o ano nomeado. Após a interatividade com a Agenda proposta pela ONU, o instituto percebeu que seus objetivos deveriam ser reforçados e alinhados com os ODS, um conjunto de 17 objetivos e 169 metas mundiais a serem atingidos até 2030 que englobam promover a saúde, a educação; erradicar a pobreza, a fome e a desigualdade; estimular a adoção de energia sustentável, combater ameaças ambientais entre outras.

Segundo o website do Instituto Ribeirão 2030, a entidade atua no exercício do controle social dos poderes Executivo e Legislativo da cidade de Ribeirão Preto, defendendo o interesse público e o cumprimento dos ODS ao acompanhar e divulgar as execuções orçamentária, financeira e contábil, assegurando um uso ético e transparente dos recursos públicos, o desenvolvimento adequado dos serviços e também denunciando casos de ilegalidade e ineficiência de gestão.

Sugerir e realizar ações de propósito a melhorar o desenvolvimento da gestão da cidade também faz parte de seu campo de ações, pode-se citar como exemplo o Pacto pela Educação, realizado na Feira do Livro dia 10 de junho, reunindo a ajuda de 14 entidades da cidade para apoiar causas culturais e educacionais.

Para saber como colaborar com as ações do Instituto Ribeirão 2030, basta entrar em contato por e-mail ou Whatsapp que estão disponíveis  no website ribeirao2030.com.br/contato/.

Jornada da comunicação 2019 trouxe temas relacionados à Inovação nas práticas profissionais

Jornada da comunicação 2019 trouxe temas relacionados à Inovação nas práticas profissionais

Entre os dia 21 e 24 de outubro foi realizada a Jornada da Comunicação 2019 que reuniu com profissionais atuantes no mercado e ainda a participações  de docentes e discentes dos cursos  de Jornalismo e Publicidade e propaganda do Centro Universitário Estácio de Ribeirão Preto.
 
 
No dia 21 de outubro a grande atração foi uma mesa redonda (Talks) que trouxe como convidados principais Diego Siqueira (Supera Parque), Marina Aranha (Revista Revide), Sandra Lambert(Rádio CBN), Aline Pileggi (Agência mov), Salmo Gordino (Agência Garden Digital) e Henrique Gomes  (Agência Folklore).
 
 
Os profissionais discutiram como a inovação está presente em novos formatos e interação com o público consumidor e as novas exigências nesse ambiente medido pelo digital.
 
No dia 22 de outubro, o tema foi “Neuropropaganda: como melhorar a afetividade”. O Coordenador do curso de Comunicação, Renê Oliveira, trouxe dados teóricos e práticas de pesquisas recentes sobre o tema.
 
Na sequência, o público presente recebeu o jornalista da Record TV Chico Ferreira falando sobre as novas plataformas digitais, num momento bastante descontraído e com muita interação com os alunos.
 
O dia 23 foi reservado para as oficinas práticas, exclusivas para alunos dos cursos. Os participantes tiveram a oportunidade de participar de atividades em Jornalismo de dados, ministrada pelo jornalista Cristiano Pavini; Oficina fotografia,  com  Leonardo Luz , do  Grupo Luz; Oficina de UX  Design, com Alex Soares  e Oficina de roteiro,  com a professora  Jéssica Amorim.
 
Para o final da Jornada, no dia 24 de outubro, houve um show especial com a abordagem da Hipnose de palco com Tomas Way , Leandro  Artioli  e Thiago Santoli. Os profissionais atuam na área como hipnoterapeutas e que utilizam a hipnose como terapia para diversas questões.
 
O show, de caráter inovador, fechou a jornada com muita descontração, risadas e uma experiência nova para o público presente.
Dia Mundial da Alimentação: dietas saudáveis para um mundo fome zero

Dia Mundial da Alimentação: dietas saudáveis para um mundo fome zero

Neste ano, o tema escolhido foi “nossas ações representam nosso futuro: dietas saudáveis para um mundo fome zero”.

Por Gustavo Ribeiro – No dia 16 de Outubro foi comemorado o Dia Mundial da Alimentação. Iniciada em 1981, atualmente a data é celebrada em mais de 150 países. Neste ano, o tema escolhido foi “nossas ações representam nosso futuro: dietas saudáveis para um mundo fome zero”.

Promovida pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura, Fao, serve para alertar a população mundial sobre habitos alimentares saudáveis e também para debater políticas públicas que contribuam para essa transformação alimentar e formas de erradicar a fome no mundo.

Jorge Roza, gestor nacional do Curso de Nutrição da estácio, destacou a importância de todos terem acesso a uma alimentação saudável. “Deveriam ser cada vez mais incentivados a produção e o consumo consciente de alimentos e, principalmente, o combate aos desperdicios”, disse o gestor.

A coordenadora do curso de nutrição da Estácio de Ribeirão Preto, Ana Carolina Port, lembra que alimentação também é um ato político. “Aquilo que nós consumimos pode afetar muitas pessoas”. Quando compramos um alimento, incentivamos um sistema produtivo que pode ser benéfico ou não para a população e a data vem justamente falar sobre isso.

Pensando em tudo dito, Ana deu dicas de como nós termos uma alimentação mais saudável e sustentável, como evitar produtos industrializados e aumentar alimentos naturais. “Grãos, frutas, verdura e legume, se possível, agroecológicos”, comenta. Para ouvir a entrevista completa e se aprofundar no assunto, ouça nosso drops: http://publicast.com.br/dia-mundial-da-alimentacao/